domingo, 27 de dezembro de 2015

Silêncio. Uma vez mais: silêncio.

Compromissos sociais que nada dizem, apenas para corpo presente. Eu estava lá da mesma forma que as bolas vermelhas na árvore de Natal. Um copo de cerveja foi colocado na minha mão, como se a bebida fosse sinônimo de presença. Eu estava lá para fazer pose para fotos, vídeos bonitos e ser apresentada como par. Eu estava lá em corpo, enquanto a alma desejava voar. Fui ao quarto, passei mais de 30 minutos encarando o celular e ninguém percebeu a ausência... o espetáculo já tinha acabado.


Hoje, mais um compromisso social. Deveria ficar pronta em duas horas, anunciaram... Mas, cheguei em casa, fiz uma xícara imensa de café, joguei o corpo no sofá e liguei a playlist. Dez minutos antes de começar o evento, mensagens desesperadas começam a chegar, o corpo precisava ser apresentado outra vez. Eu apenas disse que estava pensando na roupa que iria usar.


Bom, o evento já começou, daqui a pouco acaba: e eu apenas quero mais uma xícara de café!