sábado, 23 de janeiro de 2016

pergunto-me o fiz para vivenciar estas experiencias desastrosas. penso ser alguma coisa de aprendizagem ou recompensa por algo feito. misturo as ideias, mas nao encontro saída. tento lembrar de alguma coisa, mas nao consigo. 

será que fiz algo, mas nao consigo recordar? será que nao dei comida ao mendigo? falei algum palavrao muito feio? questionei Deus quando nao deveria? o que será que ocorreu?

o vazio e a solidao é tao gigante que comeco a me afogar. nao encontro nenhuma areia que eu posso chegar, só vejo o mar imenso e eu no meio de tudo aquilo. äs vezes um barco passa, oferece um pouco de água, um pouco de comida...