sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

te liguei enquanto buscava
qualquer espaco que pudesse me jogar.

estava no decimo primeiro
andar de um prédio

quis ouvir tua voz,
tua respiracao,
quis te amar por uns segundos

--

busquei mais tres
andares e nao encontrei
nada

nenhum miserável espaco

até encontrei...
mas o seguranca
do local nao permitiu
minha facanha

pois bem,
voltei para casa
naquela tarde cruel
e voce retornou minha ligacao
quase cinco horas depois

dizendo que havia deixado
o celular
em um lugar...

eu sabia que era mentira,
voce sabia que era mentira
e um minuto depois
voce disse que iria desligar
pois iria jantar.

fiquei arrependida por ter ligado,
quis destruir minha alma
naquele instante,
e joguei

joguei o sentimento
que restava na 
lata do lixo

tomei alguns remédios
e acordei escrevendo

e é assim que 
encontrarei minha alma
me livrando de migalhas!

e odiando você.