terça-feira, 3 de maio de 2016

geminiana

pois bem, cá estou eu digitando mais uma vez. buscando algum tipo de proteção nas minhas escritas. e significados que me deixem continuar caminhando.

mais um dia passou. e em um mês completo 24 anos. um mês, mais um aniversário. três de junho. e quem poderia imaginar que há uns anos eu pensava que pessoas com essa idade já eram adultas?! eu me sinto uma adolescente que esqueceu de crescer de tanta indefinição que ronda minha vida...

ontem no twitter alguém dizia que "depressão é top demais porque vc faz umas coisas muito simples tipo Tirar O Lixo e fica se sentido a pessoa mais foda da galaxia" e eu pensando que já me sinto foda quando saiu da cama e consigo tomar remédio. cada um com suas prioridades. "por favor, pelo amor de deus, funcione." eu digo assim que pego o remédio.

às vezes fico arrependida das decisões que tomei nos últimos tempos. "se não tivesse tomado tal decisão minha vida estaria diferente nesse momento e eu não estaria triste". mas isso é a maior besteira do universo, pois eu vivo com essa tristeza para onde vou. o tempo todo. e isso é a maior merda.

há algumas semanas minha mãe me ligou exclusivamente, depois de tempos sem eu saber do paradeiro dela, para dizer que tinham aberto um concurso público. "eu vi, mas não tenho intensão de fazer". "não tenho, simples assim" "você deveria tentar" "não vou fazer, não quero, meu objetivo é outro". e assim terminou nossa conversa. e desde então não conversamos. eu deveria reclamar, dizer "que mãe horrível eu tenho"... mas honestamente entrei na fase "menos um ser humano que eu tenho contato, amém senhor". difícil viver, ces não tem noção.

ontem o whatsapp foi bloqueado pela justiça brasileira... e por alguns minutos fiquei imensamente feliz por ter essa desculpa "na manga" quando ele voltar para uma amiga mexicana que não respondo desde quarta feira passada. no meu whatsapp, antes do bloqueio, tinha mais de 30 mensagens dela. amiga essa que eu tinha altos papos no México e que quado eu falo fico bem animada. e que marcamos de conversar para ela me ajudar num questão MINHA. o problema é ter animo para ligar e dizer "oi". perdão, eu gosto muito de você, não desisti de mim por favor!


aproveitando o embalo: miga, desculpa se eu desistir de ir na "festa viada" e deixar sobrando um lugar no carro... mas olha, eu te amo e é isso que importa. pede desculpas as migas que tu queres me apresentar. eu sou legal e prometo conhecer elas em outro momento e com certeza ainda vamos falar muito de psicologia. podemos marcar alguma coisa em algumas semanas, alguns meses, alguns anos. beijo.

como nada tem sentido nessa escrita mesmo: sdds tacos.

Talvez eu seja somente mais uma inconstante
Em pedaços
Pela metade

Os cacos de vidro
Que deixei pelo chão
podem cortar Tua pele
e causar uma hemorragia
Até teu coração deixar de bater

Você não tem medo?

Talvez eu seja
Lunática
Egoísta
E sem rumo
Que transforma palavras
Em vida

Talvez eu só esteja esperando
Esse espetáculo acabar
Para descansar um pouco

Talvez eu seja
Uma e nenhuma
Talvez eu seja ninguém

7 comentários:

  1. Feliz inferno astral, companheira de signo!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, é natural que tenha tomada uma decisão errada, certamente que não vai ser a ultima, mas existe muito mais decisões certas a tomar no futuro, se fossemos perfeitos a vida era uma chatice para ser vivida, não sou conselheiro e muito menos padre, mas entendo que a vida deve de ser vivida na maior simplicidade sem dar tempo ao tempo, só assim se consegue reconhecer a beleza do pouco que nos rodeia.
    AG

    ResponderExcluir
  3. semelhanças: tenho 24 anos. não quero fazer concurso (o mundo grita que devo fazer). meus planos são outros.

    tenho depressão.

    tomo remédios.

    me corto.

    às vezes não vejo sentido na terapia.

    não respondo o amado há dias no whats.

    não sei o que tou fazendo.

    porém,
    gosto de ler seus textos.

    e ser o que a gente é, é o que faz a gente ser...
    ser qualquer coisa,
    qualquer poesia,
    qualquer melodia,
    qualquer pintura,
    qualquer dissertação,
    qualquer projeção

    ser o que a gente é.

    abraços,

    ResponderExcluir
  4. Acho que há alguma altura na vida em que todos nos sentimos assim mas espero que seja só uma fase. Força!

    ResponderExcluir
  5. Uau, Sara com Cafe escreves mesmo bem, gosto de como escreves.
    um beijinho
    Gábi

    ResponderExcluir
  6. Uau, Sara com Cafe escreves mesmo bem, gosto de como escreves.
    um beijinho
    Gábi

    ResponderExcluir