sexta-feira, 17 de junho de 2016

Mulata exportação - Elisa Lucinda









"Olha aqui meu senhor:
Eu me lembro da senzala
e tu te lembras da Casa-Grande
e vamos juntos escrever sinceramente outra história
Digo, repito e não minto:
Vamos passar essa verdade a limpo
porque não é dançando samba
que eu te redimo ou te acredito:
Vê se te afasta, não invista, não insista!
Meu nojo!
Meu engodo cultural!
Minha lavagem de lata!

Porque deixar de ser racista, meu amor,não é comer uma mulata!"

6 comentários:

  1. Boa tarde, adorei ouvir Elisa Lucinda, ser racista é não compreender que só existe uma raça humana, fico muito admirado quando oiço o leio a comunicação social a considerar pessoas de raça preta ou branca, quando todos nós somos humanos, ninguém nasce racista, infelizmente as pessoas vazias de sentimento com preconceitos, é que educam os seus filhos para serem racistas.
    Bom fim de semana,
    AG

    ResponderExcluir
  2. EU também concordo com o mestre das imagens.... o AG!!!
    Só existe UMA raça: A raça dos filhos de Deus que nos colocou no mundo!!
    Elisa Lucinda é só uma coisinha pequena: SENSACIONAL!!

    ResponderExcluir
  3. EU também concordo com o mestre das imagens.... o AG!!!
    Só existe UMA raça: A raça dos filhos de Deus que nos colocou no mundo!!
    Elisa Lucinda é só uma coisinha pequena: SENSACIONAL!!

    ResponderExcluir