sábado, 4 de junho de 2016

Ni una menos!!


Em diversas cidades do Brasil há marchas sobre o (absurdo do) estupro coletivo que correu no último mês no Rio de Janeiro. As mulheres estão mobilizadas "Por Todas Elas" que foram violentadas, e estarão nas ruas pelo fim da cultura do estupro e o respeito a vítima. Na minha cidade não será diferente, acontecerá hoje no centro.

Com toda garra e coragem que me ponho no peito, dessa fez quis ir além, pensei levar um cartaz com uma frase que me represente de uma forma extremamente profunda. Entre tantas escolhi:

"Sair todo dia com medo de ser estuprada não é normal!"

Fui comprar a cartolina ontem, e o senhor me ofereceu um pincel para fazer meu cartaz - não quis vendê-lo! Achei lindo da sua parte, e fiquei mais motivada!

Enquanto caminhava para casa com minha obra de arte, passei por ruas escuras, "psiu" de um cara da bicicleta e o medo apavorando minha cabeça com as escritas nas pontas dos dedos:

"Sair todo dia com medo de ser estuprada não é normal!"

15 comentários:

  1. Não é normal! Uma pena que exista uma horda de seres para suscitar dúvidas e buscar justificativas, usando a velha moral seletiva e duvidosa para por esse caso horrendo em xeque, quando a única justificativa que lhe cabe são os estupradores, crias de uma cultura nefasta. Linda atitude do senhor.
    No al acoso callejero y los otros tipos de violencia de género.

    ResponderExcluir
  2. Por acaso vi essa manifestação mas acho que devia ter tido ainda mais cobertura dos media porque é mesmo verdade... existe a cultura de medo das mulheres, em vez de haver a cultura de respeito dos homens!

    ResponderExcluir
  3. Uma autêntica barbárie em pleno Séc. XXI ! ... Como será possível !
    Como combater e "eliminar" essa minoria de bárbaros ?...

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Sara...

    De facto, é uma aberração. O k irá na cabeça desses homens, anormais... entenda as reticencias como pontos de interrogação ou exclamação. voce k é Psicóloga, consegue entender e analisar esse comportamento absurdo...

    Todo o dia, o dia todo, o dia inteiro, todos os dias, NÃO, BASTA! O CORPO É NOSSO E É IGUAL AO DA MÃE E IRMÃS DELES. DEMENTES PARANÓICOS.

    Sempre e mais uma vez, as mulheres vítimas. Indefesas e violentadas.
    Felizmente k em Portugal são raríssimos casos desses, mas no seu país e noutros, virou moda.

    Sugestão-solução - um grupo de mulheres, violentas ou não, lhes decepem os pénis. Olho por olho, dente por dente.

    O gesto do senhor da papelaria foi mto simpático.

    FORÇA, MULHERES BRASILEIRAS!

    Por enqto não posso postar, devido a cirurgia da mão dta. Creio k voce sabe, não...

    Bom fim de semana, sem medos.

    beijinho e abraço solidário.

    ResponderExcluir
  5. Céu... vou lá no teu blog com muitas saudades!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apareça, querido amigo, por lá. terei imenso gosto em receber voce.

      Excluir
  6. Sara.... quem faz isso não é Homem...tampouco ser humano!!
    Não é um animal, pois não quero xingar os animais... quem fez isso é um verme rasteiro!!!

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigada pelo comentário!

    Um grande beijinho,
    http://acatarinasousa.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. Muito obrigado :) É mesmo simples!

    Meu Deus. Pensar no que aconteceu no que uma ""pessoa"" foi capaz de fazer é medonho. É nestes momentos que acho que a pena de morte seria bem-vinda :(

    NEW BRANDING POST | Enjoy this SURPRISE for you.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  9. há coisas que nem gosto de saber nem ver....e isso é triste demais.
    bom domingo
    obrigada pela visita
    :)

    ResponderExcluir
  10. Não entendo este mundo, em que se arranjam desculpas para este tipo de violência...

    ResponderExcluir
  11. Ainda me parece impossível o que aconteceu. Estou com todas as mulheres.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Fico tão triste, revoltada e enojada com o machismo e misoginia de cada dia.
    Obrigada pelo ativismo <3

    ResponderExcluir
  13. Um acontecimento inqualificável e triste demais...
    Faço votos, para que a justiça funcione e que se faça deste caso... um exemplo do que nunca mais deverá voltar a acontecer...
    Bjs
    Ana

    ResponderExcluir