quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Odeio os indiferentes

Odeio os indiferentes. Acredito que  “viver significa tomar partido”.  Não podem existir os apenas homens, estranhos à cidade. Quem verdadeiramente vive não pode deixar de ser cidadão, e partidário. Indiferença é abulia, parasitismo, covardia, não é vida. Por isso odeio os indiferentes. A indiferença é o peso morto da história.

(...)

Pero nadie o muy pocos culpan a su propia indiferencia, a su escepticismo, a no haber ofrecido sus manos y su actividad a los grupos de ciudadanos que, precisamente para evitar ese mal, combatían, proponiéndose procurar un bien.

(....)

Odeio os indiferentes também, porque me provocam tédio as suas lamúrias de eternos inocentes. Peço contas a todos eles pela maneira como cumpriram a tarefa que a vida lhes impôs e impõe quotidianamente, do que fizeram e sobretudo do que não fizeram. E sinto que posso ser inexorável, que não devo desperdiçar a minha compaixão, que não posso repartir com eles as minhas lágrimas. Sou militante, estou vivo, sinto nas consciências viris dos que estão comigo pulsar a atividade da cidade futura que estamos a construir.

Gramsci, Antonio (1917) “Paso del saber al comprender al sentir y viceversa...”, en Cuadernos de la cárcel. Tomo II. México, Biblioteca Era. pág. 164.

10 comentários:

  1. A indiferença é a omissão.... um pecado filho-da-puta de grande!!!

    ResponderExcluir
  2. Quando se trata de indiferença,estes são os que pouco fazem, porém muito exigem. Hipocrisia total.
    http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Normalmente os indiferentes são é hipócritas e mentirosos.
    Bfds

    ResponderExcluir
  4. Olá:

    A indiferença é para quem não tem opinião e anda aqui por andar.Mas olha que às vezes até pode ser necessária.Pode fazer parte de um estratégia, não?

    Beijinho doce:)

    ResponderExcluir
  5. Sou da turma do "tanto faz"!
    xiiiiiiiiiiiii

    ResponderExcluir
  6. Odeio gente que diz ''não tenho opnião formada'', ''não sei''... eu não acredito que isto exista.

    ResponderExcluir
  7. Que bonito!

    Indiferença é apático. Pra se sentir vivo a gente precisa aceitar um dos lados.

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  8. "Os homens são cúmplices daquilo que os deixa indiferentes"...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia, são palavras fortes e bonitas! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  10. Adorei o texto! Também não gosto nada dos indiferentes!

    ResponderExcluir