segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

tentativas

em setembro de 2014 foi o período que mais me senti feliz por mais tempo. eu tinha acabado um relacionamento depois de muito desgaste, estava finalizando a faculdade e estava certa que de alguma forma ia sair da casa dos meus pais. mas a vida foi seguindo e tudo foi mudando. e desarrumando.

eu sabia, de alguma forma, que aquela felicidade era impossível de sustentar.

lembrei disso depois de analisar minha vida atual. honestamente estou bem. estou num período da minha vida que deveria me sentir extremamente confiante, contente e segura. atualmente estou numa boa fase. de uma forma geral.

porém, não me sinto feliz durante semanas seguidas, muito pelo contrário. dois, três, quatro dias... e tudo fica difícil outra vez. não me sinto fechando ciclos, me sinto emocionalmente desgastada, me sinto cansada. mas estou seguindo todo figurino.

quando passei no mestrado e fui comemorar com uns amigos, uma grande amiga me dizia "pronta?" e eu dizia "me sinto entrando nesse ciclo heteronormativo e estou com medo". e vez ou outra ela me manda uma mensagem para saber como vai tudo.

outra grande amiga, horas antes de que eu pegasse o voo, me enviou várias mensagens para perguntar se eu realmente estava segura do que estava fazendo. mensagens tão honesta que ignorei em primeiro momento. óbvio, com minha família não foi diferente. todos me perguntavam o mesmo.

eu não sei o que o mundo reserva. mas se tenho certeza de algo, é que: EU ESTOU TENTANDO.

6 comentários:

  1. Tentar é o que se pode pedir.
    Depois se verá o resultado.
    Sem tentar é que nada vai acontecer.

    ResponderExcluir
  2. E tentar é justamente o que precisamos em alguns momentos. Às vezes é suficiente para superarmos determinadas fases.

    Fique bem!
    Beijos.
    Blog: *** Caos ***

    ResponderExcluir
  3. OOOOOI

    eu me identifiquei bastante com o seu relato porque todos os meus planos também deram extremamente errado, mesmo parecendo que tudo indicava que ia dar certo.
    Tentar é necessário. Pode ser que dê muito cedo. Se der errado, recomeços estão aí pra isso. Torcendo por você!

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  4. E tentar, qtas vezes, as necessárias, é o mais importante. Se cair, você se levanta e assim, sucessivamente.

    UM NATAL DE PAZ, AMOR E UM ANO NOVO BEM DIFERENTE!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Muito boa sorte, que as coisas corram bem!

    ResponderExcluir
  6. E saber que tentámos e demos o nosso melhor... é tudo o que precisamos, para seguir em frente, termos paz interior... sem ficar a lamentar as nossas derrotas...
    Nunca se perde por tentar... ganha-se umas vezes... não se ganha noutras... mas sempre se aprende algo na tentativa!...
    Beijos! Tudo de bom! Festas Felizes!
    Ana

    ResponderExcluir